quinta-feira, novembro 08, 2007

Fala...

Fala a sério e fala no gozo
Fá-la pela calada e fala claro
Fala deveras saboroso
Fala barato e fala caro
Fala ao ouvido fala ao coração
Falinhas mansas ou palavrão
Fala à miúda mas fá-la bem
Fala ao teu pai mas ouve a tua mãe
Fala francês fala béu-béu
Fala fininho e fala grosso
Desentulha a garganta levanta o pescoço
Fala como se falar fosse andar
Fala com elegância - muito e devagar.



Alexandre O'Neill

3 Comments:

Blogger Luís said...

E também há FALA a seguir a S.Martinho do Bispo!

10:04 da manhã, novembro 08, 2007  
Anonymous Anónimo said...

O que aconteceu à tua princesa? Porque é que ela se foi embora? Ela volta? Diz-lhe por nós para voltar, que gostamos muito dela e do malabarismo que ela faz com as palavras, das linhas que ela cose e descose como ninguém. Diz-lhe que precisamos muito dela, que dói ver tudo às escuras. Ao menos que ela nos deixe relê-la, para consolar-nos a ausência. Diz-lhe que tem um dom e que não se deve virar costas ás coisas mágicas que nos dão. O mundo dela é lindo e imagino que deve ser fantástico viver dentro dele no dia-a-dia, lê-la nos olhos, mas e nós? Sem nada para ler...
Fala muito e devagar. Fala...
Desculpa a intromissão. Um beijinho.

Patrícia

5:58 da tarde, novembro 08, 2007  
Blogger JN said...

e também há a "fala com gosto"...

Patrícia, obrigado pela visita e não tens porque pedir desculpa. Deves, isso sim, voltar mais vezes.
Quanto ao comentário, supondo do que falas, acho que lhe deves dizer pessoalmente tudo isto (e algo mais). No fundo, "fala à miúda mas fá-la bem". Dois beijinhos.

5:13 da tarde, novembro 12, 2007  

Enviar um comentário

<< Home

Free Counter
Web Counters