terça-feira, agosto 28, 2007

[um dia]

Contigo aprendi coisas tão simples como
a forma de convívio com o meu cabelo ralo
e a diversa cor que há nos olhos das pessoas
Só tu me acompanhastes súbitos momentos
quando tudo ruía ao meu redor
e me sentia só e no cabo do mundo
Contigo fui cruel no dia a dia
mais que mulher tu és já a minha única viúva
Não posso dar-te mais do que te dou
este molhado olhar de homem que morre
e se comove ao ver-te assim presente tão subitamente

Ruy Belo

1 Comments:

Anonymous Rita G. said...

Já me dás muito a mim!
A alegria de aturares a minha irmã..
Uffa que alivio!
E dás me também a alegria de postar no dia mais lindo do ano..
Tudo bem que o do dia 27 não está nada mau...
Mas já me dás o suficiente.
Cuida por mim da menina que é de todos, que é tua, mas também é minha...

3:49 da manhã, setembro 08, 2007  

Enviar um comentário

<< Home

Free Counter
Web Counters